Origens da massonaria

 

U.M.S.O.I.
UNION MASONICA DE ESTRENCHA OBSERAVANCIA INICIATICA



AS ORIGENS DA MASSONARIA

Instituição cosmopolita e filantrópica têm como propósito o aperfeiçoamento cultural dos membros
conforme os princípios de
Fraternidade, Igualdade e Liberdade

… Nós estamos a seu serviço na medida a qual você está interessado a criar e operar sinergicamente…

As origens da Massonaria, dita das obras múltiplas dos historiadores, e dos eruditos em matéria, podem se distinguirem em:

  • Fantásticas
  • Hipotéticas
  • Históricas


As Origens Fantásticas
podem ser entendidas às mesmas origens do tipo humano, das várias origens que caracterizam as três correntes de crença de toda a humanitade, a mística (relativo ao conhecimento dos mistérios que levam a alma à descoberta dele mesmo e a união com Deus) proveniente das civilizações orientais; a ascética (relativo ao conhecimento das verdades absolutas através da penitência ou da fé à união com Deus) proveniente das civilizações ocidentais; e finalmente a ateista (relativo ao conhecimento da vida empírica que levam a viver sem acreditar a uma união com Deus).

As Origens Hipotéticas podem ser entendidas em um ambito de pensamento lógico na qual a luz da crítica e da razão abandonam a imaginação fantástica para mergulhar na tentativa de reconstruir uma conexão de fatos e eventos tais para poder justificar a história massônica.

As Origens Históricas podem ser compreendidas através dos textos e documentos que comprovam a existência oficial da Massonaria, desde 1717 com o nascimento em York (subúrbio em Londres) na Inglaterra.

Se pode e se deve então a este ponto observar as diversas origens que se unem às remotas instituições iniciáticas, as suas doutrinas; as formas com as quais gradualmente comunicam aos iniciáticos, os símbolos e os mistérios que esconderam às pessoas comuns.




Tu comentario