Uma instituição



Fraternidade Universal

A Maçonaia é uma instituição essencialmente iniciática, filosófica, filantrópica, progressista e evolucionista.
É iniciática porque é revelada por meio do estudo e da interpretação de símbolos e cerimônias.

É filosófica porque em seus atos e cerimônias ela trata da essência, propriedades e efeitos das causas naturais. Investiga as leis da natureza e relaciona as primeiras bases da moral e da ética pura.

É filantrópica porque não está constituída para obtener lucro pessoal de nenhuma classe, senão, pelo contrário, suas arrecadações e seus recursos destinam-se ao bem estar do gênero humano, sem distinção de nacionalidade, sexo, religião ou raça.

Procura conseguir a felicidade dos homens por meio da elevação espiritual e pela tranqüilidade da consciência.

É progressista porque partindo do princípio da imortalidade e da crença em um princípio criador regular e infinito, não se aferra a dogmas, prevenções ou superstições. E não põe nenhum obstáculo ao esforço dos seres humanos na busca da verdade, nem reconhece outro limite nessa busca senão o da razão com base na ciência.

É evolucionsita porque reconhece e busca administrar a lei da evolução que rege o Universo, a Matéria, a Vida e que orienta a transformação progressiva da pessoa humana, do cidadão, da sociedade e das instituições.A liberdade dos indivíduos e dos grupos humanos, sejam eles instituições, raças, nações; a igualdade de direitos e obrigações dos seres e grupos sem distinguir a religião, a raça ou nacionalidade; a fraternidade de todos os homens, já que somos todos filhos do mesmo Criadore, portanto, humanos e como conseqüência, a fraternidade entre todas as nações.
Ciência - Justiça - Trabalho. Ciência, para esclarecer os espíritos e elevá-los; Justiça, para equilibrar e enaltecer as relações humanas; e, Trabalho por meio do qual os homens se dignificam e se tornam independentes economicamente.

Em uma palavra, a Moçanaria trabalha para o melhoramento intelectual, moral e social da humanidade.

Seu objetivo é a investigação da verdade, o exame da moral e a prática das virtudes.

A Moral é para a Maçonaria uma ciência com base no entendimento humano. É a lei natural e universal que rege todos os seres racionais e livres. É a demonstração científica da consciência.

E essa maravilhosa ciência nos ensina nossos deveres e a razão do uso dos nossos direitos. Ao penetrar a moral no mais profundo da nossa alma sentimos o triunfo da verdade e da justiça.

A Maçonaria entende que virtude é a força de fazer o bem em seu mais amplo sentido; é o cumprimento de nossos deveres para com a sociedade e para com a nossa família sem interesse pessoal. Em resumo: a virtude não retrocede nem ante o sacrifício e nem mesmo ante a morte, quando se trata do cumprimento do dever.

A Maçonaria entende por dever o respeito e os direitos dos indivíduos e da sociedade.

Porém não basta respeitar a propriedade apenas mas, também, devemos proteger e servir aos nossos semelhantes.

A Maçonaria resume o dever do homem assim: “Respeito a Deus, amor ao próximo e dedicação à família”. Em verdade, essa é a maior síntese da fraternidade universal.



Tu comentario